Franquia e Coparticipação

Confira as principais regras estabelecidas pela nova resolução da ANS e entenda a diferença em relação ao que hoje está em vigor.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou nesta quinta-feira (28/06), no Diário Oficial da União, a Resolução Normativa nº 433, que atualiza as regras para a aplicação da coparticipação e franquia em planos de saúde. 

A norma estabelece um percentual máximo a ser cobrado pela operadora para realização de procedimentos, determina limites (mensal e anual) para cobrança da participação do consumidor (o máximo que ele pode pagar, no total, por coparticipação e franquia) e impede que haja  cobrança de coparticipação e franquia em mais de 250 procedimentos, como exames preventivos e tratamentos de doenças crônicas, entre eles, tratamentos de câncer e hemodiálise. Com a medida, a reguladora protege o consumidor, garantindo maior previsibilidade e clareza.

Clique aqui para mais informações. 

Confira, no infográfico abaixo, o que muda com as novas regras em relação ao que hoje é permitido: 

Infografico Final 2

 


Fonte: ANS - 29/06/2018

Veja mais artigos e notícias acerca do assunto:
ANS define regras para cobrança de coparticipação e franquia em planos de saúde
Franquia em questão
Coparticipação e franquia


Data da notícia: 02/07/2018