Visitar uma farmácia já tem novos significados para os consumidores

 

A ida de consumidores a uma farmácia já não é mais necessariamente por causa de uma condição física. Hoje em dia é possível encontrar nas lojas diversos tipos de produtos, como cosméticos, higiene pessoal, conveniência, alimentos etc. Esse cenário não muda somente os hábitos de consumo dos clientes, como também transforma a maneira que as lojas se comunicam com seus consumidores.

A fidelização de clientes não é novidade no setor farmacêutico. Porém, o modo com que as farmácias estabelecem essa relação está mudando. A fidelização, que antes era somente guiada pelo consumo de medicamentos, hoje pode ser mensurada e implementada com as vendas de outros produtos, fornecendo assim uma nova experiência para os consumidores.

A venda de produtos que não são medicamentos subiu 7% em 2017, o que significou 14,17 bilhões de reais movimentados, segundo levantamento feito pela Abrafarma. Mas não é somente esse número que atrai investimentos, já que o mercado de cosméticos, por exemplo, vem crescendo no Brasil, com um número estimado em vendas de 118 bilhões de reais até 2020, segundo dados da Abihpec.

Essa diversidade nas prateleiras é atraente para os clientes, que cada vez têm mais motivos para visitar as farmácias. E quanto mais pessoas circulando na loja, mais oportunidades de atingi-los. É aí que os sistemas de tecnologia entram – para saber onde, como e para quem anunciar no ponto de vendas, além de permitir o controle do uso contínuo de produtos e também fornecer sugestões de promoções e fidelização.

A indústria cosmética sabe bem o potencial de vendas das farmácias. Hoje, quase todas as grandes marcas de cosméticos lutam pelo espaço nas prateleiras das farmácias e investem em merchandising, totens e ativações pensadas para esse tipo de ponto de venda.

Os consumidores que não compram constantemente remédios podem comprar outros produtos em uma mesma loja regularmente. Mesmo se a pessoa não tem um remédio que precisa ser adquirido todo mês, ela pode ter um shampoo favorito, por exemplo. E é esse tipo de informação que faz a diferença na hora de atender os clientes e criar promoções personalizadas.

Os administradores que desejam se manter competitivos no mercado devem estar sempre atualizados à essas oportunidades, para oferecer sempre diversas opções para os clientes e fidelizá-los com uma experiência diferenciada. Estabelecer sistemas de confiança nas lojas pode ser o primeiro passo para uma receita de sucesso – que deve ser dado o quanto antes.

Fonte: Saúde Business - 04/10/2018


Notícias Relacionadas:
Automedicação no Brasil
Conceito de farmácia está em transformação no Brasil’


Data da notícia: 04/10/2018