A FDA, equivalente a Anvisa nos Estados Unidos, aprovou uma solução de inteligência artificial que não demanda médico especialista para interpretar os

Para a ferramenta funcionar necessita apenas de uma enfermeira ou médio fazer o upload da foto da retina, tirada com um câmera especial de retina.

Este avanço significa que um médico que não é oftalmologista, ou mesmo um enfermeiro pode realizar o exame, gerando resultado, gerando um diagnóstico mais acessível sob o aspecto da assistência e de custo.


Data da notícia: 16/04/2018

Fonte: Clique aqui e veja a notícia na integra